Sunday, December 14, 2008

ORACLE – SPED NFe para JDEdwards


ORACLE – SPED NFe para JDEdwards

Auditorio Oracle / SP – 13/08/2008 das 8:30 as 12:00



Apresentação de Andre-Faria – Gerente de Canais e Alianças – Oracle, onde acolocou os objetivos da reunião: Apresentar as estratégias da Oracle par SPED e Nfe para a plataforma. Estavam presentes na reunião: Diane/Salvador e Guido, principais responsáveis pela localização do produto e Odair,Gerente de vendas da Oracle e alguns parceiros de Solução:
o Mastersaf: José Lima
o Synchro: Martinez
o Alliance: Dulce
o Lynas Logic - Angelo
o Lumen IT - Werner
· Diane, juntamente com a sua equipe apresentou um overview da solução, bem como algumas planilhas que foram mapeadas pela Oracle e irá facilitar para a base na identificação das informações para o Sped/NFe
· As seguintes datas de entrega/estratégias foram apontadas pela Oracle
o SPED Fiscal = Q4 2008.
§ Foi sugerido aos clientes modificarem as UBEs de 0 a 8 a UBE 9 é o formatador para o arquivo final, dada a sua complexidade não é aconselhável alterá-la
o SPED Contábil = Q1 2009
§ A mesma sugestão foi apresentada (alterações das UBEs).
§ A base solicitou a Oracle que re-avaliasse a data de entrega deste item pois temos que preparar as informações de 2008 para entrega em Jun/2009 – colocar Q1-2009, pode ser entregue até Abril o que não teremos tempo hábil.Um novo posicionamento da Oracle deve acontecer neste sentido.
o NFe = Q4 2008.
§ O JDE não trata a questão da mensageria, mas gera o .Xml, sendo que o produto também vai tratar o retorno enviado pelo software de terceiro, desta forma dando continuidade e liberação dos pedidos dentro do ERP

· Foi aberta uma sessão de perguntas e respostas para a base, as principais perguntas foram elaboradas:
o O produto foi concebido para tratar a localização independentemente de outras soluções, mas não é o que foi apresentado. Algumas empresas bem menores de solução fornecem a solução completa é possível fazer também a parte de mensageria dentro do E1?
§ Sim é possível, mas o esforço para fazer isso dentro do E1 torna essa opção inviável. Há problemas tecnológicos que serão resolvidos nas versões posteriores do produto, com inclusão da arquitetura SOA, dando ao produto essa possibilidade.
o Há um volume muito grande de objetos nas atualizações para as soluções SPED/NFE. Há como fazer E.S.U com o estritamente necessário para a necessidade dos clientes?
§ Explicações sobre o processo de instalação/criação das E.S.U.s pela Oracle. Esse processo não é controlável - quando há relações entre outros objetos ele inclui uma série de outros necessários, para que não haja problemas de trabalharmos com código desatualizado. Também há um corte quando o volume de E.S.U.s se torna muito grande o que chamamos de “baselines E.S.U”. O Sr.Salvador garantiu que quando o código já esta atualizado o objeto não é transferido novamente, sendo que os clientes devem testar sempre em outros ambientes dado as ocorrências de customizações.

o Algumas empresas presentes, já na versão 8.12, questionaram porque estão passando por dificuldades após instalação dos pacotes, segundo informações o ERP parou?
§ A Oracle sabia dos problemas que estão sendo tratados perante aos clientes. Sugeriram sempre utilizar o sistema oficial de chamados “TARs” para que os problemas dos clientes possam ser escalados o que costuma dar bons resultados.
o Foi questionado sobre as Customizações necessárias após o lançamento das E.S.U.s: Nas maioria das vezes é necessário “customizar” para fazer funcionar as soluções. Não estariam os clientes “financiando” as modificações para a Oracle?
§ O Oracle diz que não, uma vez que cada cliente pode “abrir chamados” e solicitar que os produtos funcionem conforme desenhado.
§ A Base reclamou principalmente o problema de “timing” ou seja tempo para que isso ocorra. Importante que a Oracle saiba que os clientes estão sofrendo pressões do Governo e são autuados caso não sejam entregues os arquivos dentro dos prazos divulgados.
§ Sobre isso alguns items de prazos serão reavaliados (Sped Contabil). Na próxima sexta-feira serão divulgadas as informações passadas nesta reunião, bem como as planilhas apresentadas.
o Foi questionada a Oracle sobre o volume de chamados abertos sem retorno?
§ Foi colocado pela Oracle novamente a possibilidade de escalar chamados/perguntou para os presentes quem utilizava esse recurso – quase ninguém demonstrou conhecer o processo.
§ Neste ponto foi lembrando aos clientes para que utilizem a estrutura do Grupo de Usuários que continua viva e ativa. É importante a participação de todos para que as solicitações sejam levadas em “conjunto” para a Oracle, sendo que a iniciativa desta reunião inclusive foi uma solicitação do GU que saiu da última reunião do Grupo. Presente o conselheiro Sr. Juliano Prandini (Grupo LWART) ficou a disposição para conversar/encaminhar empresas que gostariam de aderir ao GU.
§ Na próxima reunião do GU o Sr. Odair sugeriu reservar um espaço para a Oracle demonstrar o seu sistema de chamados.
o Dado o volume de empresas que ainda não iniciaram seus processos de adequação à legislação como os fornecedores de soluções estão se estruturando para atender a demanda?
§ Todos os parceiros se posicionaram de forma a mostrar que estão desenvolvendo recursos ou fazendo alianças neste sentido.
§ Foi unâmime a posição de todos que caso as empresas não começarem a se mobilizar haverá um gap, entre a demanda e oferta de mão de obra especializada, uma vez que as grandes dificuldades não estão na parte técnica mas sim na parte funcional, ou seja o projeto SPED/Nfe demandará novas estruturas ou informações que não estão presentes ou estão estruturadas de forma diferente dentro dos ERPs das empresas. Organizar tudo isso dentro de um produto, qualquer que seja ele, demandará muito trabalho – o projeto é praticamente tão complexo como uma implantação.
o Duvida da base WorldSoftware como será a liberação das modificações para esse produto?
§ Segundo informações (?? Favor checar??) para essa base somente estarão liberadas para CUM 16. Clientes presentes estavam na Cum 9,10,11 cobraram um posicionamento.
§ O assunto será levado ao GU, há clientes nessa plataforma que já solucionaram os problemas.

A reunião foi encerrada, ficando a Oracle responsável por passar as informações/respostas dadas nesta reunião como também sobre revisões de alguns itens.

No comments:

Post a Comment

Thanks for your comment!

Oracle is a registered trademark of Oracle Corporation and/or its affiliates.
JDEFusion is not affiliated with Oracle Corporation. Contents of this site are not endorsed nor approved by Oracle.
JDEFusion is part of Oracle official OTN blogs listing for Latin America under category JD Edwards and Fusion Middleware.